Arquivos para categoria: Meus escritos

A florzinha já não sabe mais sorrir… E, às vezes, nem sabe exatamente porque… Se pudesse mudar as coisas… Fazer uma mágica… Acordaria em outros tempos… Não sei que tempos seria… Talvez seja melhor ficar sonhando, florzinha… Quando se aterrissa, colocar os pés no chão faz doer…

Adriana Nunes

Julia is able to speak to Saren as she is somehow able to get part of the light out - to reason

 

Anúncios

Aí…!

Acho que as palavras me apaixonam, me envolvem, me consomem…

Como amor… Com ardor…

A sedução em palavras, a ausência de palavras, assim escritas… assim não ditas mas ainda pensadas, e na tela da mente vividas…

E se forem faladas, tomam força e ganham verdade…!

De um jeito ou de outro, seja falada, calada ou escrita, geram verdades, chegam com vida!

Adriana Nunes

 

a tiny place happy but

Imagem: Pinterest

Alguém, há muitos anos, já me falara sobre a lua… E ela sempre foi motivo de conversas.

Uma pessoa bem próxima, outra vez, cantou o que já era cantado à lua, em lembranças ao seu avô.

Lua inspira romance, às vezes melancolia, na maioria das vezes traz consigo sonhos, e para Julieta enriquece uma resposta para o seu Romeu.

Deixarei aqui a música de lua que trazia as lembranças do avô… Para outros pode trazer outros tipos de lembranças, mas o que importa não é o contexto, importa que será sempre a mesma lua…!

Adriana Nunes

Full moon over the shore

“Bem lá no céu uma lua existe

Vivendo só no seu mundo triste
O seu olhar sobre a Terra lançou
E veio procurando por amor
Então o mar frio e sem carinho
Também cansou de ficar sozinho
Sentiu na pele aquele brilho tocar
E pela lua foi se apaixonar

Luz que banha a noite
E faz o sol adormecer
Mostra como eu amo você

 
Se a lenda dessa paixão
Faz sorrir ou faz chorar
O coração é quem sabe

Se a lua toca no mar
Ela pode nos tocar

 

Pra dizer que o amor não se acabe!

 
Se cada um faz a sua história
A nossa pode ser feliz também
Se o coração diz que sim à paixão

 

Como pode o outro dizer não

Luz que banha a noite
E faz o sol adormecer
Mostra como eu amo você

Se a lenda dessa paixão
Faz sorrir ou faz chorar
O coração é quem sabe

Se a lua toca no mar
Ela pode nos tocar
Pra dizer que o amor não se acabe”

 

Música: Sandy & Júnior
Imagem: Pinterest

Se meus sonhos virassem realidade eu estaria a sorrir… Estaria vendo de uma janela as folhas das árvores balançando com o vento!

Certamente eu estaria descobrindo cada parte de uma casa, os muitos detalhes que ora existem nela…

Encontraria em algum vão um sorriso doce e terno, olhos serenos e sinceros. Correria pra Ele e ali, onde os sonhos se realizam, eu provaria de um amor sonhado e na imaginação vivido.

Sabe, seria outono… E abóboras haveria por toda a casa! Certamente eu pediria para enfeitar alguma, aquela que tivesse chamando por mim! E, a noite, quando as luzes do céu se ascendessem, sairíamos por aí, pelas ruas, a festejar uma festa desse mundo, para o qual eu gostaria de me mudar…

Adriana Nunes

 

Ps.: Encontrei a casa… Exatamente essa…!

De repente eu vejo… O que ninguém mais vê…

A luz que brilha lá fora…, O grito que cala aqui dentro;

O sopro de vida a vibrar e um resto de sonho acabar…!

De repente eu vejo, sinto, ouço, encontro, luto, corro, amo, minto, fujo, calo, falo, sonho, percebo… tantas coisas da vida da gente, do mundo inteirinho a processar dentro de mim,  e que já não é só do mundo, é meu, e de tão meu, nunca foi desse mundo aí de fora…

De repente eu vejo… e sinto… e me engano em pensar que o mundo caberia todinho em palavras escritas em um blog!

E o que eu percebo é que esse mundo, sendo meu ou não tão meu, mal cabe dentro de mim…

Adriana Nunes
mundo eu

Imagem: Pinterest

– O amor tem cura…?

– Não, ele não é uma enfermidade!

– Mas ele chega a nos fazer sentir como se estivéssemos enfermos…

– Os sintomas são vários… O coração chega a fugir do nosso controle!

– O amor adormece?

– Sim, não o acordes, apenas quando ele o quiser, já nos disse um velho sábio…

– E será que ele tinha razão?

– Provavelmente sim… Mas, às vezes, estamos dispostos a assumir todos os riscos!

By Adriana Nunes

pes

Imagem: Pinterest

Sonhos, escritos, lembranças, músicas e poesia. Já vimos algumas coisas por aqui. E, por que não, histórias??? Daquelas que ninguém conta, ou daquelas que todo mundo já sabe! Das que são apenas imaginadas, inventadas, sonhadas… Das vividas, das ouvidas, das lendárias…! Das histórias de contos de fadas e das histórias da vida real!
Histórias que, de repente, possam chegar por aqui… Vai depender da inspiração…!

Adriana Nunes

Imagem: Pinterest

 

Porque via tua face… E escutava a tua voz… E sabia que se tratava de ti, mas sabia também que era só um sonho…
Então acordei, e não lembro de mais nada…
Até confundo o que um dia foi real com o que foi apenas parte de um sonho…
E, ao acordar, e ver que de fato não estavas ali, ficou em mim apenas uma doce sensação de felicidade, e a certeza de que quem a trouxe foi a tua presença em minhas lembranças…!

Adriana Nunes

4c8ec411f9f8ed628c358102ef7ecc65

O amor tem seus mistérios… Não sabemos de fato a medida do amar! O amor da vida toda; o amor de toda hora; o amor, assim, platônico… Do amor que cura, penso que seja profundo… Mas, apesar de todo amor ainda persiste uma dúvida: Não será todo esse amor apenas uma ilusão…?

Adriana Nunes
ffe8a393f81c2945d22b6d96eb7b752f

O momento de tomar uma decisão muitas vezes passa por segundos!

O que a gente realmente vai fazer, não dá para saber racionalmente, mas a resposta já está bem lá dentro da gente.

Em questões de segundos decidir se vai falar ou não, se vai parar ou se vai seguir sem saber se haverá outra oportunidade…

E aí a gente decide parar, e cumprimentar, e depois vai embora sentindo que o mundo quase que parou por alguns segundos, mas que  você tem que seguir, mas que você queria ter dito um montão de coisas nos segundos que teve, e não disse nada, talvez três ou quatro palavras soltas…

Ou você decidi seguir, e se arrepende pro resto da vida, porque não vai saber nem onde procurar, se resolver falar o que tinha preparado para falar, mas você não parou justamente porque não preparou nada, mas lá no fundo do seu ser, existe sim, um monte de sentimentos que poderiam tentar se expressar em palavras…

Parece que as coisas só acontecem ao seu tempo mesmo…

 

Adriana Nunes

 

493784bd669b7ea03cbe702be023a20e