_ “É impossível.”

_ “Só se você acreditar que é.”

_ “Às vezes, eu acredito em seis coisas impossíveis antes do café da manhã.

Uma: há uma porção para te encolher.

Duas: um bolo que pode te fazer crescer.

Três: animais que podem falar.

Quatro: gatos que podem desaparecer.

Cinco: um lugar chamado país da maravilhas.

Seis: Eu, Alice, posso matar o Jaguadarte.” – (Alice No País Das Maravilhas – filme de Tim Burton)

alice10

AliceVsJab

***

Julgo um bom exercício esse de Alice de todas as manhãs ACREDITAR e visualizar mentalmente seis coisas impossíveis. E foi de tanto acreditar que se realizou na vida dela??

Todos os dias nos deparamos com situações que julgamos impossíveis de se resolver, e ao invés de acreditar que a solução chegará, e claro, corrermos atrás da solução, simplesmente arquivamos nossos objetivos, nossas ideias, nossos propósitos, nossos sonhos…

Na verdade, todos os dias temos um Jaguadarte a enfrentar, mas o maior Jaguadarte de todos está dentro de nós mesmos, trata-se de nossos conflitos, nossas culpas, nossos sentimentos (muitas vezes contraditórios ao que gostaríamos)… Porém aceitar e encontrar-se consigo mesmo não é de fato nada fácil, acho que é, muitas vezes, uma luta mesmo.

Mas, voltando às coisas impossíveis, que possamos todos os dias pensar com convicção em nossos sonhos, acreditando que é possível alcançar o que buscamos, e assim será.

E foi assim, de tanto acreditar, que Alice experimentou o impossível e realmente tomou uma porção que a encolheu; comeu um bolo que a fez crescer; encontrou com animais que podiam falar; conheceu um gato que desaparecia; e descobriu que o lugar chamado “País das Maravilhas” existe e não se trata apenas de sonhos, e só depois dessa descoberta, do país das maravilhas e da descoberta do seu eu (“Eu sou Alice”), enfim pode juntar forças e vencer o Jaguadarte.

Com carinho,

Adriana Nunes (Drika)

Anúncios